Justiça feita: Ayrton Pestana em liberdade. Ele foi preso acusado de participação no assassinato do publicitário Diogo Adriano Costa Campos, na última terça-feira (16), na Lagoa da Jansen.
Depois de uma lambança desnecessária, enfim, a justiça foi feita e o jovem Ayrton Costa Pestana, que jamais deveria ter sido preso, já está em liberdade.

Ayrton Pestana deixou Pedrinhas na noite desta quinta-feira (18), após seus familiares conseguirem comprovar que ele era inocente e não teve nenhuma participação no assassinato do publicitário Diogo Adriano Costa Campos, na última terça-feira (16), na Lagoa da Jansen.

Nesta quinta-feira, familiares de Ayrton, que sempre afirmavam que o jovem era inocente, levaram um vídeo para a polícia, demonstrando que o veículo dele passou a manhã do dia do crime estacionado e só saiu para abastecer por volta de 12h12, ou seja, após o assassinato, ocorrido por volta de 11h40.

De posse desse vídeo e após o laudo do ICRIM, ficou comprovado o tremendo equivoco cometido pela Polícia Civil, já que o carro de Ayrton teve a placa clonada e era diferente do veículo utilizado pelo assassino de Diogo Costa.

O vídeo acima mostra a emoção dos familiares de Ayrton Pestana, ao receber o jovem na saída de Pedrinhas, lugar onde ele jamais deveria ter frequentado.

Agora é esperar que a Polícia Civil encontre o verdadeiro assassino de Diogo Costa e que o Governo Flávio Dino se retrate publicamente e indenize a família de Ayrton Pestana.