O desembargador Francisco José de Carvalho Neto determinou o bloqueio imediato de contas do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, em greve desde ontem, 21.

Segundo o despacho, os recursos deve ficar bloqueados enquanto estiver sendo descumprida a decisão de retorno de 90% da frota dos ônibus às ruas.

A multa estabelecida aos sindicatos pelo descumprimento da decisão judicial é de R$ 50 mil por dia.

Neste sábado, 23, a partir das 10h, haverá nova audiência de conciliação, conduzida pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargador José Evandro de Souza.