Fundado em 27 de março de 2002, por um grupo de amigos, o Jornal Folha do Município, completará 20 anos de fundação em 2022.

Para ficar registrado na história de Raposa, sua primeira edição impressa, teve como manchete principal: "MADRUGADA DE TERROR E VIOLÊNCIA ASSUSTA MORADORES DA RAPOSA", e no seu expediente, seus principais colaboradores: Dhienne Laura (Presidente), Biscoito Azevedo (Vice - Presidente), Nonato Aguiar (Diretor de Marketing), e Valdinéia Sousa (Fotografa). Nessa época também circulava o Jornal da Raposa, do saudoso Raimundo Assub, ex-vereador de São Luís, e a BIANA, do saudoso escritor Reis. 

Ao longo dos anos, tivemos que fazer adaptação da produção jornalística às mudanças trazidas pela Internet e pelas novas tecnologias no período que foi convencionalmente chamado de Era Digital. E para não perdermos o foco, tivemos que nos adaptamos a Era Digital, através do site: https://www.folhadomunicipio.com.br/ e blog https://www.nonatoaguiar.com.br/, mantemos vivas também, a nossa identidade, através das nossas publicações nas redes sociais.  

Que significa na prática a transformação digital dos grandes jornais e revistas? As grandes marcas do impacto da tecnologia nos jornais numa era digital são a nova agilidade na divulgação das notícias, a conectividade em tempo real e sua conexão permanente com outras fontes de informação de todo o mundo. O jornal eletrônico está sempre sendo atualizado e reescrito.

Para os especialistas, tudo isso que vemos acontecer no jornalismo é apenas a minúscula pontinha do iceberg do que podem ser as transformações por que passará o setor nos próximos 5 a 10 anos. 

A maioria das empresas do planeta devem deflagrar – se ainda não o fizeram – o processo de mudanças tecnológicas que as levarão ao novo mundo da Quarta Revolução Industrial / Crédito: Štefan Štefančík