A covid-19 fez mais uma vítima no sistema de segurança público do Maranhão. O delegado Marco Antônio Fonseca, 55 anos, faleceu neste sábado (6), após lutar ao longo de mais de mês contra complicações da doença. Ele estava internado no hospital São Domingos.

Marco Antônio Fonseca foi o delegado que atuou no caso que envolveu o assassinato do advogado do senador Roberto Rocha, Brunno Matos. Assim como teve atuação em outros casos de grande repercussão no estado.

Marco Antônio Fonseca é irmão do juiz Marco Adriano Ramos Fonseca e do promotor Marco Aurélio Ramos Fonseca.

De acordo com o apurado, não vai ocorrer cerimônia de despedida por conta dos protocolos da covid-19.