Na tarde de terça-feira, 07, o prefeito Eudes Barros, juntamente com secretário de Saúde, Romilson Froes, e Gláucia Rocha, coordenadora de Atenção Primária à Saúde (APS), se reuniram na sede da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), para avaliar o resultado dos investimentos e do intenso trabalho na área da saúde pública no município.

Raposa, mais uma vez, se destacou e ficou em 1º lugar nos indicadores de Saúde da Atenção Primária da Região Metropolitana de São Luís. Os dados do Previne Brasil também apontam que o município é a 22ª melhor atuação do estado do Maranhão. O acompanhamento do desempenho dos municípios é feito pelo Ministério da Saúde, por meio do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB).

O secretário Romilson Froes afirmou que é uma grande conquista para a cidade alcançar o 1º lugar nos indicadores do Previne Brasil que medem a qualidade da APS. "Quando recebemos a secretaria, a nossa avaliação era 1,7. Nós finalizamos o ano passado com a nota 6,85. O resultado que temos agora é de 2022, com a nota 7,88, ou seja, a maior nota da Região Metropolitana de São Luís, tendo São José de Ribamar 5,94; Paço do Lumiar 4,79; São Luís 4,60 e Alcântara 4,41. Parabéns a toda a equipe envolvida, isso é fruto de muito trabalho”, destacou.

O prefeito Eudes Barros parabenizou toda a equipe da SEMUS pelos serviços oferecidos com qualidade e excelência. Ele ressaltou que a gestão continuará investindo e fortalecendo a saúde pública municipal. “Um resultado satisfatório que muito nos orgulha e que atesta os esforços e trabalho permanente destinados à área da saúde. Isso mostra que, quando se trabalha com organização em equipe, o resultado aparece.  Então, o secretário Romilson, juntamente com toda a equipe da SEMUS, estão de parabéns. E eu, enquanto prefeito, fico muito feliz por ver a Raposa se destacando em um aspecto tão importante que é a saúde", declarou.

Gláucia Rocha explicou que, por duas vezes consecutivas, Raposa alcançou a primeira posição na Região Metropolitana de São Luís da avaliação quadrimestral do programa de financiamento da Atenção Primária - Previne Brasil. Ressaltou, ainda, que isso é fruto de vários trabalhos desenvolvidos no município. "Por meio da busca ativa totalmente direcionada ao público-alvo, levamos atendimentos de casa em casa com toda equipe da Saúde da Família, agendando atendimentos médicos e de enfermagem, testagem em gestantes, vacinando os acamados e crianças menores de 1 ano, qualificando todo o atendimento da Atenção Básica do município, sempre buscando estratégias para atender melhor a nossa população, obedecendo o princípio de equidade do SUS, na qual o direito é respeitado e todos tem direito a uma saúde digna. O bom resultado que estamos vendo é o reflexo de um bom atendimento", finalizou.