“Escolas serão o último segmento a voltar”, afirma Flávio Dino.
Durante a coletiva desta quinta-feira (21), o governador do Maranhão, Flávio Dino, reiterou tudo que havia dito no seu pronunciamento, na quarta-feira (20), sobre as novas medidas e o início da flexibilização do isolamento, a partir da segunda-feira, dia 25 de maio.

Uma novidade foi, enfim, a disponibilização de números para que a população possa colaborar com a fiscalização para o cumprimento dos decretos em vigência. O governador disponibilizou três números de WhatsApp: (98) 99162-8274; (98) 98356-0374; (98) 99970-0608; para que quem quiser denunciar àqueles que insistem em descumprir as normas estabelecidas.

O governador também antecipou que, na semana que vem, deverá editar um novo decreto que não permita que as aulas presenciais sejam retomadas em junho, como estava previsto. Dino deixou claro ainda que as escolas serão o último segmento a voltar.

Quando questionado sobre a decisão para a flexibilização do isolamento, o governador deixou claro que é uma tentativa baseado em alguns dados, mas que pode recuar.

“Temos indicadores que façamos uma tentativa de reabertura, mas não existe muitas certezas, pois não há precedentes anterior. No entanto, se não der certo, poderemos dar passos atrás, mas acredito que se todos colaborarem não precisaremos regredir”, afirmou.

Flávio Dino destacou os momentos opostos em que vivem, nesse momento, a Região Metropolitana e o interior maranhense, uma região com dados que apontam uma tendência de queda e outra região com números crescentes.