O juiz José Nilo Ribeiro Filho, da 2ª Zona Eleitoral, em São Luís, realizou ontem (1º) audiência pública para escolher as emissoras geradoras da propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Ainda durante o ato foi elaborado o plano de mídia referente às eleições 2020. Acompanharam a audiência o juiz José Ribamar Goulart Heluy Júnior, da 89ª zona eleitoral, e a promotora eleitoral Lena Claudia Ripardo Pauxis, da 2ª zona eleitoral.

Após manifestação de representantes de partidos e de emissoras de TV, a televisão e a rádio Mirante foram escolhidas por consenso para serem as geradoras da propaganda em São Luís. As mídias apresentadas, segundo a Resolução, deverão ser gravadas e apresentadas em meio de armazenamento compatível com as condições técnicas das emissoras geradoras.

Em seguida foi realizado sorteio da ordem de veiculação da propaganda no primeiro dia (9/10) do horário eleitoral gratuito para prefeito.

Pela ordem, a coligação “Pra Frente São Luís” abrirá a propaganda e a cada dia que se seguir, a propaganda veiculada por último, na véspera, será a primeira, apresentando-se as demais na ordem do sorteio (Lei nº 9.504/1997, art. 50). Essa medida garante que cada partido e/ou coligação inicie a propaganda eleitoral.

Segue a ordem: coligação “Solidariedade”, “Vamos Juntos por São Luís”, Partido Republicano da Ordem Social”, Partido Socialista Brasileiro”, Resgate o Amor pela Ilha”, Partido Socialismo e Liberdade” e “Do Lado do Povo”.

Todo o plano de mídias pode ser acessado na página das eleições 2020, no site do TRE-MA.